Lives e desafios ensinam Ciências para as crianças

Fazer um experimento, solucionar problemas e depois relatar os acontecimentos. Uma turma de estudantes de Florianópolis (SC) está aprendendo sobre o pensamento científico de uma maneira divertida, por meio de oficinas remotas. Esta foi a forma encontrada para integrar o aprendizado de ciências e produção de texto para os alunos do 6º ao 9º ano do Marista Escola Social Lucia Mayvorne, que atende gratuitamente crianças e adolescentes no Mont Serrat.

A proposta da iniciativa é apresentar às crianças o pensamento científico e a resolução de problemas. “Como a ciência é desenvolvida e explicada por meio de muitos experimentos, proporcionamos que eles possam produzir pequenas experiências em  casa, comentando
sobre  as suas tentativas, erros e acertos”, conta a responsável pela oficina, Thais Carolina Branco.

Para estimular os alunos, os professores também estão sendo desafiados, unindo as aprendizagens de diferentes matérias. A primeira delas foi unir a oficina Café com Leitura, que acontecia na biblioteca da Escola Social e estudava os gêneros literários, com as aulas. “Eles gostaram de me ver errando e acertando quando fui desafiada a fazer experiências simples, com algodão, água e garrafa, por exemplo. No final, eu os estimulo a produzirem textos sobre a experiência e comento sobre gêneros textuais que são empregados nas análises científicas”, comenta a responsável do projeto, Aline Cypriano.

Ciência em casa

Na casa da estudante Julia Daniela Nascimento da Silva, de 9 anos, as oficinas são muito esperadas. “Eu gosto porque aproxima e me lembra como era na sala de aula, além de aprender algo  diferente,  eu ainda posso fazer em casa e mostrar para a minha família”, revela a aluna, que faz todas as atividades e envia fotos para as professoras.

As oficinas que acontecem semanalmente reforçam os objetivos de aprendizagem dos alunos. “Quando eles realizam as atividades, fazem perguntas e levam isso para as suas casas. Com isso, estamos despertando a curiosidade, o pensamento crítico e formando mais repertório para as crianças e suas famílias”, reforça Thais.

Marista Escolas Sociais: Marista Escolas Sociais atende gratuitamente 7700 crianças, adolescentes e jovens por meio de 20 Escolas Sociais, localizadas em cidades de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Os alunos atendidos nas Escolas Sociais têm acesso a uma educação de qualidade e gratuita que vai desde a educação infantil até o ensino médio, além de projetos educacionais e pedagógicos que acontecem no período contrário às aulas. https://maristaescolassociais.org.br/ .

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”