Lua Azul, um raro evento cósmico, chega aos céus neste Dia das Bruxas

A “Lua Azul”, um raro evento cósmico, estampará os céus de todo o planeta neste sábado, 31 de outubro. Em pleno Dia das Bruxas, os amantes dos astros poderão olhar para os céus e observar a segunda Lua cheia do mês, um evento tão incomum que só acontece a cada 2,5 anos. 

A primeira lua cheia ocoreu no primeiro dia do mês, uma quinta-feira. Já a segunda Lua cheia que teremos no mês poderá ser vista no céu em pleno Dia das Bruxas. Ela recebe o nome de Lua Azul não necessariamente por ter aspecto azulado, mas, sim, pela raridade de voltar a frequentar os céus no mesmo recorte do calendário.

Por causa da raridade do acontecimento desse fenômeno, a lingua inglesa tem a expressão Once in a blue moon (Uma vez na Lua Azul, na tradução livre), que é usada para se referir a eventos que raramente acontecem. Se você perder a Lua Azul neste ano, só voltará a vê-la em 2023. Então, fique atento!

Porém, ainda assim, é possível que ela adquira um brilho azulado devido às condições atmosféricas próprias, mas a ocorrência delas ainda não é previsível.

O certo é que já apareceram azuis em algumas oportunidades devido à atividades vulcânicas. Em 1883, após o terremoto do vulcão Krakatoa, na Indonésia, as pessoas diziam que em quase todas as noites era possível ver luas em tons azulados.

Também houve relatos de luas azuis no México em 1983, após a erupção do vulcão El Chichón, e no Estado de Washington em 1980, após a erupção do Monte Santa Helena.

 

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.