Mais de 3,3 toneladas de drogas já foram apreendidas em Sergipe desde janeiro


Balanço foi divulgado, nesta quarta-feira (14), pela Secretaria de Estado da Segurança Pública Droga apreendida por policiais em Sergipe
SSP/SE
Cerca de 3,3 toneladas de drogas foram apreendidas durante operações realizadas pelas Polícias Militar e Civil na capital, no interior e em ações realizadas em outros estados do país durante este ano. A informação foi divulgada, nesta quarta-feira (16), pela Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe.
Na capital e na Grande Aracaju, neste ano, o Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC) retirou 1,889 toneladas de drogas de circulação das ruas de 10 cidades, nas quais a unidade é responsável pelo policiamento militar. Em comparação com o ano passado, quando esse número foi de 341 kg, houve um aumento de mais de 450% nas apreensões de entorpecentes.
Já o Departamento de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil, realizou procedimentos em que houve a apreensão de mais de 1,4 toneladas de entorpecentes.
O comandante do CPMC, coronel José Moura Neto, detalhou que as medidas sanitárias de combate ao coronavírus também impactaram nas rotas de distribuição de drogas. “Na dinâmica nacional, verificamos que, com o fechamento dos portos e aeroportos, ficaram muitas drogas retidas no país e que vieram para os estados. Então, consequentemente com mais drogas e mais operações policiais durante a pandemia, tivemos esse recorde de apreensões de entorpecentes”, explicou.
Denúncias da população
A população também pode contribuir com a localização de suspeitos de tráfico de drogas e, consequentemente, na apreensão de entorpecentes. A Polícia Militar dispõe do telefone 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Já a Polícia Civil, conta com o número 181, do Disque-Denúncia.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.