Marina Helou promete ampliar investimentos em assistência social e criar política de redução de danos para a Cracolândia

Candidata da Rede Sustentabilidade afirma que, se eleita prefeita de SP, vai fazer parcerias com igrejas e ONGs para melhorar a vida e retirar usuários de droga que vivem na Cracolândia, na região central da capital paulista. Marina Helou distribuiu panfletos no centro
A candidata da Rede Sustentabilidade, Marina Helou, disse nesta sexta-feira (16) que vai ampliar os investimentos em assistência social na capital paulista, caso seja eleita prefeita de São Paulo.
“No meu governo as pessoas serão prioridade. A gente vai investir mais em quem mais precisa. Vai trazer especialidade de renda, trabalho, saúde abrigo de qualidade e reinserção na sociedade para essas pessoas que hoje estão tão marginalizadas”, afirmou.
Estreante em campanhas para a Prefeitura de São Paulo, a candidata distribuiu panfletos para quem entrava ou saia da estação Marechal Deodoro do Metrô, no Centro, e também propôs parcerias com a sociedade civil para enfrentar um dos grandes problemas da região central: a Cracolândia.
“Olhando para indivíduos, fazendo uma política pública de saúde, geração de renda, redução de danos, a gente consegue com parcerias com toda a sociedade, com as igrejas, com a sociedade civil, com as ONGs e com a academia um plano para retirar eles e melhorar a vida dessas pessoas. Não vai ser com ações marqueteiras, não é com violência, não é com manchete ‘a Cracolândia acabou’, que se resolve o problema”, afirmou a candidata da Rede Sustentabilidade.
Initial plugin text
Vídeos: Eleições 2020 – Funciona Assim
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”