Mascote da Casas Bahia, ‘Bahianinho’ ganha visual adolescente e novo nome

A Casas Bahia anunciou nesta sexta-feira, 16, a nova cara de seu mascote. O Bahianinho, muito conhecido pelos clientes que frequentam a loja, agora é um adolescente e trocou de nome, sendo chamado de CB. Anunciado nas redes sociais com um vídeo de 30 segundos, o personagem assume um papel diferente na companhia e terá um viés mais influencer digital. No próximo domingo, 18, o filme “Quero ser grande” apresentará CB na rede nacional de televisão. “Para mostrar como o Bahianinho cresceu e se tornou o CB, criamos uma história em que o personagem antigo se depara com todas as mudanças que estão acontecendo com a marca e percebe que precisa evoluir pra fazer parte dessa transformação. Além dos filmes também planejamos uma série de conteúdos onde vamos mostrar a jornada do CB pelo Brasil se encontrando com várias personagens que vão ajudá-lo na missão de se tornar um influencer digital que conhece de perto o Brasil e o Brasileiro”, declara Cristian Santoro, ECD da Y&R.

A ideia é que o novo mascote use uma linguagem leve, animada e expressiva, se comunicando com entusiasmo e utilizando a comunicação em Libras nos vídeos, reforçando a preocupação da empresa com a inclusão. O personagem foi criado em 1960 e repaginado algumas vezes. Já mudou de cabelo, traços do rosto, roupas, trocou as botas por tênis, o chapéu por boné e foi se transformando de acordo com as ativações da Casas Bahia. “A nova fase da marca exige um porta-voz que personifique esses valores e essa personalidade. Transformar o Bahianinho no jovem CB permitirá que ele se comunique com os clientes e que também atue como mais um ponto de humanização no relacionamento com o cliente e em diferentes temas como a tecnologia e a sustentabilidade. Frentes que também dão a tônica na transformação em andamento na companhia desde o ano passado”, destaca o CEO da Via Varejo, Roberto Fulcherberguer.

Confira abaixo o vídeo de apresentação do jovem CB nas redes sociais:

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”