Mercado Público passa por mini-reforma: intervenções nas rachaduras, recuperação do reboco e nova pintura

Inaugurado em 5 de fevereiro de 1899, o Mercado Público Municipal de Florianópolis foi erguido com paredes de meio metro de largura, utilizando tijolos requeimados e argamassa de cal, areia e barro.

A sua manutenção foi motivo de discórdia desde antes de sua inauguração.
Matéria do Jornal O Estado, em 7 de janeiro de 1899, relatava o seguinte:
“O próprio Mercado novo, ainda não inaugurado, segundo nos informaram, está carecendo de reparos na coberta e paredes externas, a julgar pelo modo por que foram construídos, não se lhes pode augurar muitos anos de resistência”.

Apesar do prognóstico pessimista, as paredes resistem até hoje, graças às diversas reformas gerais em 120 anos, a última delas concluída em 2015.
A atual administração do Mercado tem implantado uma filosofia de manutenção constante da edificação, evitando a degradação geral que obrigasse a nova reforma geral.

Quando é identificada alguma necessidade de reparo é acionada uma empresa para fazer o serviço, seja de pintura, questões elétricas ou hidráulicas.
Confira o vídeo da parede histórica que ficou à mostra durante restauração em junho:

No momento, as principais obras são de renovação do reboco e intervenção em pequenas rachaduras das paredes e teto.

Segundo a administração, as obras mais delicadas são aquelas que envolvem alguma intervenção na pintura ou tijolos, em razão do valor histórico do local.
Para isso, todos os trabalhos são acompanhados por um engenheiro concursado da Prefeitura da Capital.

O post Mercado Público passa por mini-reforma: intervenções nas rachaduras, recuperação do reboco e nova pintura apareceu primeiro em Floripa Centro.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”