Mesmo com pandemia, setores voltam a fazer novas contratações na região de Itapetininga


Dados recentes divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) revelaram que, em agosto deste ano,1.254 pessoas conseguiram emprego, em Itapetininga. Setores voltam a fazer novas contratações na região de Itapetininga
Reprodução/TV TEM
Na região de Itapetininga (SP), o setor da construção civil está em alta, mesmo durante a pandemia, impulsionado principalmente por novos empreendimentos no ramo de alimentos e, consequentemente, novas oportunidades de trabalho.
Toda movimentação às margens da Rodovia Raposo Tavares em Itapetininga é para a conclusão da obra de um novo empreendimento que está se instalando na cidade. No espaço, vai funcionar um supermercado que deve oferecer diversas oportunidades de emprego.
De acordo com a assessoria, está prevista a contratação de pelo menos 250 colabores para funções como gerentes, vendedores, operadores de caixa, açougueiros e até locutores.
Dados recentes divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) revelaram que, em agosto,1.254 pessoas conseguiram emprego, em Itapetininga.
Mas, além das contratações, houve também 823 demissões. Mesmo assim, o saldo foi positivo com 431 oportunidades no mercado de trabalho.
Na região de Itapetininga, alguns setores voltam a fazer novas contratações
Reprodução/TV TEM
Segundo o gerente de negócios, Felipe Moreira César, no começo do ano ele trabalhou como supervisor de vendas. Foi dispensado e depois de seis meses passou por um processo seletivo em uma empresa de telefonia, onde foi selecionado e voltou a ter renda para fazer novos planos.
“O meu objetivo profissional é sempre estar crescendo, fazer minha base crescer cada vez mais, me tornar líder e ajudar a empresa crescer”, explica.
Outro bom exemplo de quem conseguiu dar a volta por cima durante a pandemia do novo coronavírus é o empresário Moisés Rodrigues da Silva. Conforme ele, foi preciso se reinventar e já existem planos para expandir os negócios.
“A gente começou aqui em janeiro com dois funcionários, mas devido à empresa ser tão grande, já estamos com sete funcionários devido à alta demanda”, explica.
Mesmo com pandemia, setores voltam a fazer novas contratações na região de Itapetininga
Reprodução/TV TEM
Uma das pessoas que conseguiram emprego com o empreendedorismo do Moisés foi o jardineiro Daniel de Jesus. Daniel veio do Nordeste para se arriscar no interior de São Paulo junta da esposa e os filhos.
À TV TEM, ele contou ser daquele tipo de pessoa com perfil de “faz tudo”, mas sempre buscando novos conhecimentos.
“Precisa para poder pagar a conta. Eu tenho aluguel, dois filhos pequenos e o arroz está um pouco caro. Então, o importante é ter emprego. Muitos não têm, mas é preciso ter força de vontade”, relata, Daniel de Jesus.
De acordo com as orientações da Cláudia Carvalho, que trabalha como coordenadora de Recursos Humanos em uma empresa na cidade, mesmo com a economia voltando a agir e novas oportunidades voltando a surgir, não dá para deixar de lado a qualificação que ainda é um peso na hora de disputar uma vaga no mercado de trabalho.
“É necessário correr atrás, se mostrar proativo, não ter rotatividade no mercado, pois o profissional mais novo atualmente tem muita rotatividade e ser muito pronto. O que as empresas buscam muito é trabalhar em equipe e ser resiliente”, conta.
Mesmo durante pandemia, setores voltam a fazer novas contratações na região
Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.