Militar da Aeronáutica é o campeão dos jetons; veja a lista dos dez mais

O tenente-brigadeiro-do-ar Jeferson Domingues de Freitas é o funcionário do governo federal que mais recebe jetons, uma remuneração extra paga a servidores que ocupam cargos em conselhos de autarquias, empresas estatais ou companhias privadas onde o governo tem assento por ter participação societária. Segundo levantamento feito por VEJA com base nos dados do Portal da Transparência, ele recebeu em julho (último mês atualizado) R$ 36.144,41 para representar a União no Conselho de Administração da Embraer.

Com o valor, ele mais que dobra o seu salário mensal, que no mesmo mês foi de R$ 35.047,51, como comandante de Operações Aeroespaciais, cargo que assumiu em abril deste ano no lugar do tenente-brigadeiro-do-ar José Magno Resende de Araujo, que passou para a reserva – até então, Araújo era o representante da União no conselho da Embraer, função que também passou a ser ocupada por Freitas.

Militar de carreira com várias condecorações –- é piloto de caça, mas entrou como praça em 1975 –, Freitas já ocupou outros altos postos no Comando da Aeronáutica, antes de ser alçado à chefia da Comae (Comando de Operações Especiais), órgão que é responsável pela defesa aérea e antiaérea do país, além de participar de operações de busca e salvamento e patrulha marítima e ações especiais de transporte logístico.

Freitas é um dos dois militares do ranking dos dez maiores recebedores de jetons do governo federal em julho. A vice-liderança é ocupada por uma docente da Universidade Federal da Paraíba. Os outros oito cargos do “top ten” são ocupados por auxiliares de Paulo Guedes no Ministério da Economia, a maioria recebendo comissões da Petrobras, do BNDES e da CEF

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.