Ministério da Saúde abre seleção com 4.117 vagas para temporários que vão atuar em hospitais e institutos do Rio

O Ministério da Saúde abriu, nesta segunda-feira (dia 31), as inscrições para 4.117 vagas temporárias destinadas a profissionais da área que vão atuar em hospitais e institutos do Rio de Janeiro. O edital do processo seletivo simplificado foi publicado no Diário Oficial da União. O cadastramento dos interessados estará aberto até 7 de setembro.

As inscrições — que são gratuitas — podem ser feitas pelo site do ministério. Basta preencher um formulário. Depois, será necessário enviar a documentação solicitada. Segundo o edital, 5% das vagas serão destinadas a pessoas com deficiência.

Serão contratados profissionais de níveis intermediário e superior, incluindo médicos (1.137 vagas), enfermeiros (996 oportunidades) e técnicos de enfermagem (865 chances).

Há também oportunidades para atividades de gestão e manutenção hospitalar, apoio técnico e diagnóstico (que exigem formação superior – 604 postos) e atividades de suporte em gestão e manutenção hospitalar, apoio técnico e diagnóstico (que requerem ensino médio – 515 vagas).

A contratação será por seis meses. As remunerações oferecidas variam de R$ 1.700 a R$ 11 mil. As cargas horária variam de 24 a 40 horas semanais, de acordo com a função.

Autorização saiu em maio

A autorização para esta seleção simplifcada foi publicada no Diário Oficial da União de 11 de maio, por meio da Portaria 11.259. Na ocasião, foi informado que as vagas seriam preenchidas nas seguintes unidades:

Hospital Federal do Andaraí (HFA)

Hospital Federal de Bonsucesso (HFB)

Hospital Federal da Lagoa (HFL)

Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE)

Hospital Federal de Ipanema (HFI)

Hospital Federal Cardoso Fontes (HFCF)

Instituto Nacional de Cardiologia (INC)

Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into)

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca)

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”