Ministério da Saúde prevê vacinação contra Covid-19 apenas em abril

O cronograma divulgado nesta quarta-feira, 14, pelo Ministério da Saúde prevê a vacinação contra a Covid-19 para o mês de abril de 2021. No entanto, a medida gerou descontentamento entre secretários estaduais. O motivo é que a agenda, anunciada pelo secretário-executivo da pasta, Elcio Franco, considera apenas com a vacina de Oxford, que está sendo desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Alguns secretários consideraram que o calendário do governo federal está ignorando a vacina em desenvolvimento pelo Instituto Butantan, que é ligado à secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e tem como previsão a entrega das primeiras doses do imunizante ainda neste ano.

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde vai enviar um ofício para o ministério, solicitando ao governo que compre a primeira vacina pronta e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nesse momento, tanto o imunizante de Oxford quanto o do Instituto Butantan passam pela fase de testes.  Enquanto isso, número de casos de coronavírus no brasil tem apresentado declínio. Nesta quarta-feira, foram confirmadas pouco mais de 27 mil novas contaminações, sendo que, ao todo, o país já tem mais de 5,1 milhões de registros confirmados. O número total de óbitos é de 151.747, com 749 mortes nas últimas 24 horas. Ao todo, 88,9% dos pacientes brasileiros se recuperaram da Covid-19.

*Com informações da repórter Camila Yunes

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”