Ministro da eucaristia suspeito de assédio sexual a meninos é preso dentro de igreja em Americana


Homem de 32 anos, solteiro, seria suspeito de assediar crianças que faziam parte do convívio na Basílica de Santo Antônio, onde também atuava como músico. Basílica de Americana
Reprodução EPTV
A Polícia Civil de Americana (SP) prendeu nesta quinta-feira (15) um homem de 32 anos suspeito de assédio sexual a meninos dentro da Basílica Santo Antônio de Pádua. De acordo com Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), denúncias de menores que conviviam com ele na igreja, onde atuava como ministro da eucaristia e músico, deram início à investigação que culminou com a prisão temporária por 30 dias.
Responsável pela investigação, a delegada Regina Castilho Cunha conta que o suspeito foi preso dentro da igreja e demonstrou surpresa com a ação.
Além disso, a Justiça expediu mandados de busca e apreensão na residência dele, onde foram apreendidos computador e celular que serão enviados à perícia. O homem é solteiro e mora sozinho.
Ainda segundo a titular da DDM, as denúncias partiram de mais de uma criança, sem detalhar o número exato, e as informações eram de que os alvos seriam sempre meninos.
“Fizemos a apreensão dos objetos para verificar se há outras vítimas. Pode ter um desdobramento para estupro de vulnerável”, indica.
Renata explicou que irá usar o prazo da prisão temporária para receber os laudos da perícia e colher mais depoimentos para concluir o inquérito. A delegada informa que possíveis novas vítimas podem procurar a DDM de Americana para formalizar as denúncias.
O G1 entrou em contato com a Diocese de Limeira (SP) para comentar a prisão do homem, que não era membro da igreja, mas atuava como ministro da eucaristia, mas não recebeu um posicionamento até esta publicação.
VÍDEOS: EPTV 2 desta quinta-feira
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”