Morador encontra jiboia ao subir em pé de manga e resgate mobiliza bombeiros: ‘Desci rapidinho’


Cobra foi retirada da propriedade no Jardim Virgínia, em Marília, e solta em área de preservação permanente. Presença do réptil assustou moradores na manhã deste domingo (18). Cobra foi encontrada por morador no pé de manga de uma chácara em Marília
Arquivo pessoal/Celso Juliani
O montador Celso Juliani teve uma surpresa desagradável na manhã deste domingo (18) ao tentar colher mangas de um pé na chácara do seu sogro, em Marília (SP). Quando subiu na árvore, o morador se deparou com uma jiboia enrolada nos galhos.
“Eu vi uma penca de manga bonita lá, mas na hora que eu fui chegar perto eu vi a cobra. Falei ‘meu Deus’ e desci rapidinho de lá”, lembra o morador.
Resgate de jiboia mobilizou bombeiros em Marília
Arquivo pessoal/Celso Juliani
Celso acionou os bombeiros, que foram até a chácara no Jardim Virgínia e utilizaram um cabo para resgatar o animal. A cobra se enrolou no instrumento e resistiu para ser colocada no recipiente da equipe, mas acabou capturada.
Segundo o Corpo de Bombeiros, as cobras geralmente sobem em árvores para tentar apanhar pássaros ou filhotes dos ninhos. A jiboia foi resgatada e solta em uma área de preservação permanente, informou a corporação.
Morador se depara com jiboia ao subir em pé de manga em Marília
Arquivo pessoal/Celso Juliani
Censo contou ao G1 que essa não foi a primeira vez que a família teve que acionar os bombeiros para resgatar cobras na propriedade, que fica dentro da cidade. Segundo o morador, a presença dos répteis costuma assustar os moradores.
“Minha cunhada é apavorada. Pense em uma mulher que ficou com medo. Eu cheguei bem pertinho da cobra, acho que ela estava uns cinco metros de altura no pé”, conta o morador.
Os bombeiros alertam para que a população não tente capturar o animal. Apesar de a jiboia não ser uma cobra venenosa, a corporação informa que o mais prudente é ligar para o número 193 e chamar os militares.
Jiboia foi resgatada e solta em área de preservação permanente em Marília
Arquivo pessoal/Celso Juliani
*Colaborou sob supervisão de Paola Patriarca.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Veja mais notícias do centro-oeste paulista:
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”