Moradores da comunidade Anã aprendem a cozinhar pratos veganos e vegetarianos


A capacitação foi realizada de 7 a 10 de outubro com o objetivo de inovar em cardápios de origem vegetal. Culinária vegana e vegetariana foi tema de curso para moradores da comunidade Anã
Divulgação
Com o objetivo de atender melhor aos turistas que visitam as comunidades da região da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns (Resex), em Belterra, no oeste paraense, 22 moradores da comunidade Anã participaram de um curso de culinária vegana e vegetariana. Durante o curso, os comunitários aprenderam técnicas para preparar pães, saladas, molhos e lasanhas.
O curso foi idealizado pelo grupo local de turismo da comunidade em parceria com a Cooperativa de Turismo e Artesanato da Floresta (Turiarte) e Projeto Saúde e Alegria (PSA).
A idealizadora Ingrid Godinho explicou que o curso foi excelente porque quem ganhou foi a comunidade. “Não foi só o grupo de turismo que aprendeu, mas todos. Essa capacitação surgiu porque os nossos últimos visitantes eram veganos e vegetarianos. Isso vai contribuir com a renda da comunidade”, disse.
A formação teórico-prática, de 45h possibilitou aos moradores, o entendimento das técnicas para cozinhar pratos exclusivamente com ingredientes de origem vegetal, que excluem do preparo ingredientes de origem animal, como carne bovina, frango, peixe e ovos.
Curso aconteceu de 7 a 10 de outubro, na comunidade Anã
Divulgação
Para os participantes, a experiência, além de agregar à atividade econômica, possibilitou o conhecimento em técnicas de manipulação e higiene dos alimentos.
Fernanda Silva, que participou do curso, ressaltou que aprendeu muitas coisas que não sabia. “Posso usar o que aprendi na minha casa. Às vezes a gente exagera e aqui a gente aprendeu a ter uma alimentação balanceada”, disse.
A capacitação foi realizada de 7 a 10 de outubro e contou com o apoio do Fundo Amazônia/BNDES.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”