Moradores denunciam ‘rachas’ de veículos na Avenida Washington Soares, em Fortaleza

Imagens da movimentação de veículos foram registradas na noite desta quinta-feira (15). Moradores das proximidades da Avenida Washington Soares, no Bairro Sapiranga, em Fortaleza, denunciam a prática de “rachas” entre carros na via, que ocorre, principalmente às quintas-feiras. Na noite desta quinta-feira (15), uma equipe do Sistema Verdes Mares flagrou dois carros emparelhados que, na sequência, iniciam uma corrida. (veja o vídeo acima).
A Polícia Militar do Ceará (PMCE) informou ao G1 por meio de nota que tomou conhecimento acerca das denúncias e que realiza fiscalizações diárias na avenida para coibir corridas ilegais entre automóveis. Já o Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) afirmou que desenvolve ações de patrulhamento ostensivo, blitze e ações de orientações aos usuários da via.
Nas imagens desta quinta percebe-se uma movimentação de pessoas e veículos ao lado de um posto de combustíveis – local apontado pelos moradores como o ponto de encontro dos motoristas. Duas viaturas, uma da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e outra da Polícia Rodoviária Estadual do Ceará (PRE-CE) chegam a passar ao lado do posto.
A Avenida Washington Soares é uma das principais vias de acesso à região Sul da Capital e a praias do Litoral Leste do Estado.

Infração gravíssima
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), praticar “racha” é uma infração gravíssima, punida com de R$ 2.934,60, suspensão do direito de dirigir e remoção do veículo. Se o motorista for reincidente a menos de 12 meses, aplica-se o dobro da multa prevista.
Os motoristas que forem condenados por participação em “rachas” estarão sujeitos a penas que podem chegar a 10 anos de reclusão, no caso de morte, previstas pelo CTB.
Serviço
Denúncias de “pega” pode ser feitas por meio do 190.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.