Moradores do bairro Caiçara, na Região Noroeste de BH, reclamam da quantidade de assaltos


Eles acreditam que o ideal seria a instalação de uma base da PM para restabelecer a ordem. Carro é roubado no Caiçara, em Belo Horizonte
Reprodução/TV Globo
Moradores do bairro Caiçara, na Região Noroeste de Belo Horizonte, reclamam da quantidade de assaltos no entorno da Praça Pedro II. Nesta quarta-feira (14), uma mulher foi rendida e teve o carro roubado.
Um homem de bermuda, que para na sombra de uma árvore, parecia mais um frequentador da pracinha, mas ele está no local para cometer um crime.
O suspeito andou apressado na calçada, abriu a porta do carro prata e obrigou a motorista a sair. Em poucos segundos levou o carro da vítima. O assalto foi por volta das 14h.
Os vizinhos denunciam que o local tem sido palco de crimes violentos assim há tempos, e acreditam que a falta de policiamento tem permitido a ação dos bandidos a qualquer hora do dia.
No dia 6 de março, a vítima foi um motorista de aplicativo, que havia estacionado ao lado da Praça Comendador Manoel Sendis.
O homem de calça clara se aproximou, olhou em volta, sacou uma arma e anunciou o assalto. Eram 11h. O motorista saiu andando enquanto o ladrão assumiu o volante e fugiu calmamente.
Os moradores do prédio ao lado disseram que entregaram todas as imagens à polícia, mas que não viram providência e não têm sossego até hoje. Eles acreditam que o ideal seria a instalação de uma base da Polícia Militar (PM) para restabelecer a ordem.
A TV Globo entrou em contato com a PM e, até a última atualização desta reportagem, não havia obtido retorno.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”