Morre jovem de 17 anos que passou 5 dias em UTI após moto que pilotava bater contra poste no AC


Alan Soares da Silva teve afundamento de crânio de após um acidente grave de moto, no domingo (25), em Cruzeiro do Sul. Adolescente não tinha carteira de Alan da Silva de 17 anos morreu no Hospital do Juruá, nessa sexta-feira (30)
Arquivo
O estudante Alan Soares da Silva, de 17 anos, morreu nessa sexta-feira (30) após passar cinco dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre.
Silva teve afundamento de crânio após um acidente grave de moto, no domingo (25). Mesmo sem carteira de habilitação, ele pilotava uma moto e bateu contra um poste no dia do acidente. De acordo com a direção clínica da unidade, ele não chegou a passar por cirurgia.
A Polícia Militar informou que o rapaz tinha passado a noite ingerindo bebida alcóolica, em frente a Cageac. O acidente grave ocorreu na rua 25 de agosto, quando o jovem saiu do local e teve a lesão na cabeça, em seguida, foi levado ao hospital em estado grave.
Ainda conforme a PM, ele estava com uma mulher na garupa da moto que teve apensa escoriações leves em um dos joelhos
O acidente do estudante causou comoção na cidade. Um grupo de pessoas chegou a se reunir para fazer orações por ele. Após ele morrer, a escola onde estudava, Dom Henrique Ruth, emitiu nota de pesar.
“É com imenso pesar que recebemos a notícia do falecimento do nosso aluno Alan Soares da Silva, do 3° ano D. Alan era um aluno muito dedicado, educado com todos os profissionais da escola e amigo de todos os seus colegas de sala e também de muitos que o conheciam pelo seu alto astral e bom humor. Neste momento de dor, rogamos a Deus que conforte os corações de parentes e amigos para que possam passar por estes dias difíceis. Descanse em paz, Alan”, diz o documento.
VÍDEOS: Candidatos resumem propostas em diferentes área
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.