MPF investiga suposta falha nos serviços de regulação em Campina Grande durante a pandemia


SMS alega que denúncia, feita pelo Conselho de Secretaria Municipal de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB), foi realizada no início da pandemia. MPF investiga suposta falha nos serviços de regulação em Campina Grande durante a pandemia
MPF-PB/Reprodução
O Ministério Público Federal da Paraíba instaurou um inquérito civil para investigar a suposta falha de atendimento nos serviços de regulação em saúde de Campina Grande durante a pandemia de Covid-19. O procedimento foi divulgado no diário do órgão, publicado na última segunda-feira (16).
De acordo com o inquérito, a denúncia foi feita pelo Conselho de Secretaria Municipal de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB). A entidade alega que pacientes com doenças crônicas não estavam recendo atendimento, apenas os que têm câncer ou passam pelo tratamento de hemodiálise.
A Secretaria Municipal de Saúde, por meio de sua assessoria de comunicação, informou ao G1 que a denúncia foi feita no início da pandemia, quando alguns serviços precisaram parar como forma de prevenção.
Em um despacho, o MPF justifica que a temática tem uma discussão recorrente. Por isso, a investigação deve identificar o funcionamento correto do sistema de regulação da cidade, para entender quais os motivos que provocam dificuldades nos atendimentos.
Vídeos mais assistidos do G1 Paraíba
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.