Mulher de 40 anos é detida por suspeita de atear fogo em casa de companheiro cadeirante em MS

Homem com dificuldades de locomoção demorou a conseguir sair do imóvel e sofreu queimaduras de 1° grau. De acordo com a polícia, autora do crime estava visivelmente embriagada. Uma mulher de 40 anos foi detida neste sábado (21) em Dourados, a 229 quilômetros de Campo Grande, após atear fogo na casa onde o companheiro, um cadeirante com dificuldades de locomoção de 48 anos, mora. O homem sofreu queimaduras de 1° grau e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.
De acordo com a Polícia Militar, o reforço policial foi acionado por testemunhas do crime, que disseram que a suspeita foi até o local para retirar alguns pertences pessoais após uma briga com o então companheiro. O casal começou a discutir e as pessoas observaram que a mulher voltou até a residência com um recipiente de gasolina, ateando fogo a um colchão que havia na casa.
O homem demorou a conseguir sair da residência devido a baixa visibilidade e dificuldade de locomoção e acabou sofrendo queimaduras leves. Conforme a polícia, a suspeita estava visivelmente embriagada e acabou detida, sendo levada para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) para as providências cabíveis. A ocorrência foi registrada como lesão corporal dolosa e incêndio praticado em casa habitada.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.