Mulher é indiciada por falsa denúncia de estupro em Chapecó

Uma mulher de 28 anos foi indiciada por denunciação caluniosa após falsa acusação de estupro, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. O crime, praticado contra a Administração da Justiça, tem pena prevista de 2 a 8 anos de reclusão.

A suposta vítima, servidora pública de um pequeno município do Oeste do Estado, disse que havia sido coagida a manter relações sexuais com um colega de trabalho quando passavam por Chapecó.

A denúncia foi constatada como falsa pela Polícia Civil – Foto: Marco Santiago/ND

Segundo a Polícia Civil, o acusado e várias testemunhas foram interrogados. Os policiais também tiveram acesso a troca de mensagens entre o suposto criminoso e a vítima. Com isso, foi descoberto que eles mantinham um caso amoroso havia mais de ano, inclusive com muitos encontros íntimos.

Com isso, ficou evidente a falsa denúncia feita pela mulher. A motivação da denúncia, segundo a Polícia Civil, teria sido porque o marido da mulher descobriu a relação extraconjugal.

O inquérito foi concluído nesta quinta-feira (19), pela DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) do município.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.