Mulher suspeita de cometer assaltos é assassinada na Praia do Futuro, em Fortaleza


De acordo com moradores da região, a mulher foi executada durante um assalto que praticava no local junto com outro homem. O crime aconteceu no cruzamento da avenida Dioguinho com rua Paulo Mendes.
Rafaela Duarte/SVM
Uma mulher ainda não identificada foi assassinada na Praia do Futuro, em Fortaleza, na noite da última segunda-feira (28). A vítima foi morta com vários tiros, principalmente na cabeça, no cruzamento da avenida Dioguinho com rua Paulo Mendes.
Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada para a ocorrência quando trafegava pela região. Ao chegar no local, os policiais encontraram o corpo da mulher assassinada caído na pista.
Segundo relato de moradores (que preferiram não se identificar), a vítima estava realizando assaltos pela região da Praia do Futuro, junto com um homem em uma motocicleta. Os moradores revelaram ainda que, durante um dos assaltos, um segundo homem chegou em outra moto e efetuou os disparos principalmente contra a cabeça da mulher.
A polícia saiu em diligências no entorno do crime em busca do suspeito do assassinato e do suposto parceiro da vítima. No Bairro Vicente Pinzon, próximo à Praia do Futuro, os policiais prenderam um homem dentro de uma residência, sob a suspeita de ser o parceiro da mulher executada.
A prisão deste suspeito ocorreu na avenida Dolor Barreira, e na casa os policiais ainda encontraram um simulacro de arma de fogo e duas motos roubadas (uma delas eles acreditam ser o veículo que a dupla utilizava para assaltar). Uma segunda mulher também foi encontrada na casa e presa. A identidade de ambos não foi repassada pela polícia.
De acordo com informações dos policiais, tanto a dupla presa, quanto a mulher assassinada, fazem parte de uma quadrilha que atua assaltando na região. O casal e o material apreendido foram encaminhados para o 2º Distrito de Polícia Civil, no Bairro Meireles. A polícia segue em busca do suspeito de cometer o homicídio e de possíveis outros membros da quadrilha.
O G1 aguarda mais detalhes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) acerca do caso.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”