Mulheres são maioria entre os eleitores de Itu nas eleições municipais de 2020

Mais de 63 mil mulheres votam na cidade, ou seja, 52,1% do total. As mulheres são a maioria do eleitorado em Itu (SP) nas eleições de municipais de 2020. São 63.170 eleitoras que devem ir às urnas, o que corresponde a 52,1% do total.
Na cidade, 408 candidatos disputam 13 cadeiras na Câmara Municipal. Itu vai decidir a eleição no primeiro turno e oito candidatos disputam a prefeitura. O voto é facultativo para jovens de 16 e 17 anos, para analfabetos e idosos com mais de 70 anos.
Neste ano, cerca de 121 mil eleitores irão escolher um dos oito candidatos à prefeitura da cidade, que é a mais antiga da região e conhecida como o “Berço da República”.
Para a bancária, Aline Campos, o número de eleitoras representa uma grande contribuição nas decisões políticas. “Acho que hoje a mulher tem grande validade em todos os aspectos, então acho que votar é um dos principais.”
Mais de 121 mil eleitores de Itu devem ir às urnas nas eleições municipais de 2020
História política
Em 1837, 133 pessoas se reuniram em um casarão da cidade para discutir política, onde ocorreu a primeira convenção republicana do país e a criação do Partido Republicano Paulista, como afirma o historiador Luís Roberto de Francisco.
“Essa câmara muito atuante opina no primeiro projeto de constituição do Brasil em 1823. A geração seguinte, a dos republicanos, liderou o movimento de 1873, a famosa “Convenção de Itu”, sendo uma especie de cabeça, um movimento todo que vai deflagrar a criação do PRP – Partido Republicano Paulista, que é o partido mais importante da primeira república do Brasil”, conta Luís.
Alguns dos participantes dessa reunião ganharam destaque na política nacional, como Prudente de Moraes, o primeiro presidente civil do Brasil, eleito pelo voto popular.
O prédio, atualmente, virou o Museu Republicano, que é um dos patrimônios do centro histórico do município. A convenção contribuiu para o início do processo de mudança de exercer a cidadania através do voto.
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.