Nilvan Ferreira promete não fazer lockdown em João Pessoa em entrevista à CBN Paraíba


Candidato do MDB participou das entrevistas da rádio CBN com os candidatos ao segundo turno em João Pessoa, nesta quinta-feira (19).
Nilvan Ferreira (MDB) participa de rodada de entrevistas da CBN com candidatos do 2º turno das Eleições 2020 em João Pessoa
Krys Carneiro/G1
O radialista Nilvan Ferreira (MDB), candidato à Prefeitura de João Pessoa, disse que, se eleito, não vai fazer lockdown na capital por causa da pandemia de Covid-19. “Eu vou focar em trabalhar para não acontecer o que está acontecendo em outros estados e países”, declarou durante entrevista à rádio CBN Paraíba, nesta quinta-feira (19).
Veja resultado da apuração completa para prefeitura de João Pessoa.
Cícero Lucena e Nilvan Ferreira disputam segundo turno para prefeito de João Pessoa
Nilvan Ferreira foi o primeiro candidato das entrevistas promovidas pela CBN com os dois candidatos que foram para o 2º turno em João Pessoa. Segundo Nilvan, o que vai garantir que não aconteça um lockdown é a escolha de equipe de secretários técnicos para acompanhar os casos do novo coronavírus na cidade.
No primeiro bloco, Nilvan começou respondendo por quê os eleitores devem o escolher no segundo turno. Ele disse que o projeto dele é antagônico ao do outro candidato no pleito, Cícero Lucena (Progressistas). “[É] um projeto que representa a mudança, que muda os conceitos de fazer e praticar política, que aponta perspectivas para que, de forma prática, o poder público possa cumprir sua missão de promover qualidade de vida para a população”, disse.
Em relação à pandemia, além de garantir que não vai ter lockdown, Nilvan explicou que quer impedir a segunda onda da Covid-19 ao mesmo tempo em que mantém a economia funcionando. “O que a cidade espera do prefeito é que ele dê as garantias necessárias para que os casos sejam controlados e que a economia esteja funcionando, porque a vida precisa ter seguimento prático. As pessoas precisam trabalhar, ter proteção contra a Covid-19 e a cidade seguindo sua estrada, essa é a minha preocupação”, falou.
Nilvan ainda prometeu uma equipe técnica nas principais secretarias municipais. “Todas as coordenações importantes na secretaria de saúde serão de técnicos. Na educação, na ação social, finanças, planejamento, a espinha dorsal da estrutura administrativa será técnica. Já estamos escolhendo nomes da área técnica e vão ser nomes importantes da universidade e do setor produtivo”, comentou o candidato.
No segundo bloco, ele falou sobre governar para toda a população, apesar de se colocar como um candidato que orbita entre a direita e o centro do aspecto político. Segundo Nilvan, o prefeito precisa lidar com uma cidade com todas as suas diferentes vertentes, desigualdades e pensamentos ideológicos.
Em relação aos servidores públicos, Nilvan prometeu que não vai fazer perseguição aos prestadores de serviços. “Eu vou chamá-los, nos primeiros dias de gestão, para fazer um grande pacto, para dizer que para resolver os problemas da cidade eu preciso tê-los como primeiros aliados. Não vou fazer perseguição a prestador de serviço, não vou mexer”, disse.
No último bloco o candidato respondeu a perguntas enviadas pelos ouvintes. Ele prometeu utilizar tecnologia e inteligência artificial para reduzir os atrasos nos ônibus; desengavetar o projeto do BRT para João Pessoa; modernizar a quilometragem de ciclovias na cidade, “com piso adequado, com iluminação, com câmeras de monitoramento e com locais de atracamento de bicicletas”; e também reduzir a passagem de ônibus por meio de subsídio
Nilvan ainda falou sobre colocar em prática o projeto para reduzir a erosão na Barreira do Cabo Branco, sobre conversar com várias entidades para, de forma humanizada, reduzir o número de moradores de rua; e enfatizou que vai destinar o Hospital Prontovida como retaguarda para o Trauminha e para as UPAs, além de prometer a construção do Hospital do Idoso.
Nilvan Ferreira (MDB) participa de rodada de entrevistas da CBN com candidatos do 2º turno das Eleições 2020 em João Pessoa
Krys Carneiro/G1
A ordem dos candidatos na sabatina foi definida por sorteio, com as equipes de campanha. Os dois entrevistados têm 30 minutos para falar de projetos, experiência administrativa e planos que pretendem colocar em prática.
Veja a ordem dos candidatos:
Dia 16/11/20 – Nilvan Ferreira (MDB)
Dia 17/11/20 – Cícero Lucena (Progressistas)
A entrevista é ancorada pela jornalista Carla Visani e conta com a participação do também jornalista Suetoni Souto Maior, da CBN. O conteúdo foi transmitido pela rádio e exibido em vídeo no YouTube, acessível por meio do Jornal da Paraíba. O áudio fica disponibilizado, ainda, no site da CBN Paraíba.
Os ouvintes podem participar mandando perguntas para a produção, através do WhatsApp (83 8132-4088).
Funciona Assim – Eleições 2020
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.