No Dia da Consciência Negra, membros do Conselho Municipal de Promoção de Igualdade Racial tomam posse em Divinópolis


São 24 representantes e Célio Lúcio Lopes foi escolhido como presidente da mesa diretora. Ele é representante das entidades religiosas de matriz africana. Posse do Conselho Municipal de Promoção de Igualdade Racial em Divinópolis
Prefeitura de Divinópolis/Divulgação
Nesta sexta-feira (20), data em que se comemora o Dia da Consciência Negra, foi empossado em Divinópolis o Conselho Municipal de Promoção de Igualdade Racial. São 24 representantes e durante a posse, a eleição da mesa diretora foi realizada e Célio Lúcio Lopes foi escolhido como presidente. Ele é representante das entidades religiosas de matriz africana.
Para Célio, a comissão dá voz à comunidade negra, de forma que possam recorrer, dar força e continuidade à religião. A intenção da gestão é dar condição da comunidade negra continuar sua luta.
“Essa é uma grande conquista de um dever parcialmente cumprido. As políticas públicas precisam acontecer a partir desse conselho, por isso os conselheiros possuem a partir de hoje uma tarefa muito grande de mapear e denunciar o racismo”, afirmou Maria Cataria Laborê Domingos Vale, participante da comissão.
Posse do Conselho em Divinópolis
Prefeitura de Divinópolis/Divulgação
A vereadora eleita Ana Paula Quintino (PSC) é ex-presidente do Conselho da Mulher e disse que a posse do Conselho foi o plantio de uma semente. “Há muito tempo, os integrantes e simpatizantes do conselho já estavam preparando a terra e agora é hora ver crescer e colher os frutos. Sinto na pele o sofrimento de todas as pessoas. É preciso que as pessoas se fortalecem, pois o racismo está longe de acabar”.
“Estamos muito contentes com mais esse grande passo à frente na luta pela igualdade racial e pelo fim do racismo. Esse conselho é muito importante para o combate à discriminação, promoção da igualdade social e na criação de mais oportunidades para a comunidade negra”, finalizou o secretário municipal de Assistência Social, Juliano Prado.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.