Nova linha de ônibus atenderá Santa Maria, no DF, a partir desta segunda-feira


Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) criou nova rota para Gama. Outros itinerários sofrerão alterações; veja mudanças. Santa Maria, no DF, ganhará nova linha de ônibus
Divulgação/Semob
Moradores de Santa Maria, no Distrito Federal, ganharão nova linha de ônibus a partir desta segunda-feira (23). De acordo com a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), uma nova rota para o Gama será criada e outros itinerários terão alterações.
Eixo Monumental vai ganhar faixa exclusiva para ônibus até fim do ano, diz governo do DF
Rodoviários da Marechal fazem 4ª paralisação no DF em menos de dois meses
A nova linha, a 251.6, passará pelo terminal do BRT da região, pela Avenida dos Alagados, pelo Residencial Santos Dumont, até a Rodoviária do Gama. A ideia, segundo a pasta, é evitar percursos mais extensos como os anteriores, que percorriam os setores oeste e leste da região.
De acordo com a Semob, serão 26 viagens nos dias úteis e 12 aos sábados. Além disso, as linhas 251.7, 251.8, 020.2 e 3308 sofrerão mudanças a partir desta segunda.
Confira as mudanças
Alteração de rota:
Linha 251.7 – Terminal BRT/Av. Alagados/Gama (setores sul e oeste)/Rodoviária do Gama: passará a atender somente os setores sul e oeste e a Rodoviária do Gama.
Linha 251.8 – Terminal BRT/Av. Alagados/Gama (setor leste)/Rodoviária do Gama: passará a atender somente o setor leste e a rodoviária do Gama.
Novos horários:
Linha 020.2 – Santa Maria (Residencial Santos Dumont)/Gama Leste-Oeste-Sul: ganhará viagens aos domingos para atender quem reside nas proximidades da Avenida Santa Maria e quer se deslocar para o Gama.
Linha 3308 – Terminal do BRT/Av. Alagados/DF 290/Porto Seco: ganhará viagens para atender os passageiros do Polo JK, que trabalham aos domingos e feriados. A linha também vai operar com mais horários aos sábados e nos dias úteis
Reajuste da tarifa técnica
Na exta-feira (20), a Justiça do Distrito Federal suspendeu o reajuste na tarifa técnica de empresas de ônibus da capital. Em outubro, a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob-DF) aumentou em R$ 220 milhões o valor repassado às companhias.
De acordo com a decisão liminar (urgência), da 2ª Vara da Fazenda Pública do DF, fica vedado qualquer repasse de valores em favor das empresas de ônibus da capital.
40% dos passageiros estão insatisfeitos com os abrigos das paradas de ônibus do DF, mostra reportagem feita no fim de outubro
A Justiça atendeu o pedido movido por meio de uma ação popular. De acordo com o processo, as portarias que autorizam as tarifas em favor das empresas “são ilegais, porque foram editadas sem que tenha sido realizado qualquer estudo de impacto orçamentário financeira, o que gerará aumento considerável de gasto público, e em consequência danos erário”.
VÍDEOS: veja os destaques do G1 em 1 Minuto DF
Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.