Novo decreto autoriza retorno de self-service em restaurantes e lanchonetes em Viçosa


Medida entrou em vigor nesta segunda-feira (26); estabelecimentos devem cumprir normas de segurança e protocolos sanitários, definidos pelos próprios locais e aprovados pela Vigilância Sanitária. Restaurante self-service durante a pandemia
TV Cabo Branco/Reprodução/Arquivo
Os restaurantes e lanchonetes de Viçosa podem voltar a oferecer a modalidade self-service para os clientes durante as refeições. A medida entrou em vigor nesta segunda-feira (26), após a publicação de um novo decreto.
Para oferecer o modelo, os estabelecimentos devem cumprir normas de segurança e protocolos sanitários, definidos pelos próprios locais e aprovados pela Vigilância Sanitária.
De acordo com a Prefeitura, o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) é obrigatório para tocar em talheres que são compartilhados. Os funcionários de restaurantes e lanchonetes também devem usar proteção e orientar os consumidores sobre a forma correta de servir a comida no prato.
Retomada
Restaurantes e lanchonetes de Viçosa, assim como outros estabelecimentos, tiveram o funcionamento interrompido no fim de março, em função das medidas de prevenção ao coronavírus. Em abril, o G1 mostrou que a Administração autorizou a retomada, no sistema de retirada na loja e delivery.
Já em agosto, um novo decreto municipal permitiu a reabertura dos locais, para acesso de clientes, conforme regras sanitárias e vistorias.
No início de setembro, com a adesão ao programa “Minas Consciente”, bares, restaurantes e lanchonetes tiveram o funcionamento flexibilizado, permitindo a retomada de serviços conforme o cumprimento das normas e adequação dos espaços físicos para garantir a proteção de consumidores e funcionários. Atualmente, Viçosa está na Onda Verde.
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.