O cacique Raoni  chegou a ser internado no Hospital Dois Pinheiros, em Sinop, Mato Grosso, após a confirmação de Covid-19. No entanto, ele já recebeu alta, segundo sua assessoria, depois da confirmação de ter se recuperado da doença

O Instituto Raoni informou que não divulgou o estado de saúde do cacique anteriormente à pedido da família, portanto, não há informação da data exata de sua internação. “Somente fomos autorizados a divulgar estas informações depois de termos comprovação de que o Cacique Raoni se encontra fora de perigo”, diz a publicação.

O cacique foi internado com sintomas de pneumonia e alterações na taxa de leucócitos em seu sangue.Exames específicos no hospital comprovaram o diagnóstico de Covid-19.

Ele já adquiriu anticorpos e está fora de perigo. “Seu estado é bom, sem febre, respirando normalmente e sem ajuda de oxigênio”, informa a publicação do Instituto. Mesmo assim, ainda colocam que ele seguirá com assistência médica “até ficar completamente recuperado”.

O assessor de Raoni disse que está indo, neste momento, buscá-lo, e os familiares irão verificar se ele continuará na cidade para realizar o tratamento necessário.

O líder do povo Kayapó, de 89 anos, havia sido internado em 18 de julho. Na época, foram detectadas úlceras após exames de endoscopia gastro-duodenal. No dia 25 do mesmo mês, recebeu alta.

Por fim, o Instituto Raoni demonstra preocupação com o coronavírus na comunidade indígena. “COVID-19 vem se alastrando na TI Capoto/Jarina, colocando em risco a vida de centenas de indígenas. Protejam-se! Proteja-nos!”

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”