OMS alerta para ‘crescimento exponencial’ da Covid-19 na Europa

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta quinta-feira, 15, para o “crescimento exponencial” da pandemia da Covid-19 em países europeus. Segundo a instituição, embora o número de óbitos seja menor do que na primeira onda da doença, a situação é considerada “preocupante”. O diretor-regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, disse que o aumento de casos no continente não significa, no entanto, que a região tenha entrado uma “fase negra” na evolução da pandemia. Para ele, ainda há tempo para agir. “O vírus não mudou, não é nem mais nem menos perigoso” do que em março passado, acrescentou.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de um novo confinamento, Kluge afirmou que a situação atual é diferente da vivida no início do ano. “Hoje seria diferente, seria um aumento gradual de medidas pontuais e temporárias e a tentativa de minimizar os danos colaterais para a economia e a sociedade”, opinou o chefe da OMS. Ele disse que as medidas devem também considerar as consequências para saúde mental ou aumento violência doméstica e defendeu a tentativa de manter as escolas abertas.

Kluge opinou ainda que é “fundamental” que medidas restritivas sejam aplicadas e que os objetivos estabelecidos pelas autoridades responsáveis devem ser “precisos e limitados no tempo”. “A mensagem aos governos é que devem ser tomadas medidas concretas devem ser tomadas para evitar que percorrer novamente o doloroso caminho da primavera”, acrescentou. Segundo dados da OMS, a Europa registrou nos últimos dias a maior incidência semanal de casos de Covid-19 desde o início da pandemia, com quase 700 mil casos. O diretor-geral ressaltou que o número total de casos passou de seis para sete milhões “em apenas dez dias” e que no último final de semana, novos registros foram alcançados, ultrapassando 120 mil casos em um único dia, tanto nos dias 9 quanto 10 de outubro deste mês.

*Com Agência EFE

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”