Onça-pintada resgatada durante incêndio no Pantanal é devolvida à natureza

A onça-pintada resgatada durante os incêndios no Pantanal no dia 11 de setembro foi devolvida à natureza nesta terça-feira (20). O animal foi solto na mesma margem do Rio Corixo Negro, em Poconé, área onde foi encontrada ferida. Símbolo dos animais queimados no Pantanal, Ousado, como foi batizado o macho de cerca de seis anos de idade, passou 39 dias na reabilitação no Instituto Nex, em Corumbá. A ação foi realizada pelo ICMBio em parceria com as instituições envolvidas no resgate.

Um dia antes da devolução, a onça foi anestesiada para a implementação de um colar GPS-Satélite. O aparelho tem como objetivo monitorar e avaliar a readaptação de Ousado no retorno ao lar. Uma corda foi colocada na caixa onde o animal foi transportado, enquanto as equipes posicionadas em um barco puxavam para levantar porta. Devagar, Ousado observa ao redor e corre mata a dentro. Para as equipes de salvamento, a soltura do animal representa a esperança para a recuperação da biodiversidade do bioma brasileiro.

*Com informações da repórter Nanny Cox

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.