Paciente de 56 anos desaparece após ser internado em hospital de Foz do Iguaçu, diz família


Família registrou boletim de ocorrência e procura por Valentin Mendieta desde 22 de setembro; Hospital Municipal informou que não se manifestará sobre o caso. Família não vê Valentin desde 22 de setembro, em Foz do Iguaçu
Arquivo pessoal
Valentin Ibarrola Mendieta, de 56 anos, está desaparecido desde 22 de setembro, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, segundo a família. Ele foi visto pela última última vez no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, onde foi levado para fazer o teste da Covid-19.
Conforme a família, o paciente chegou ao hospital com a suspeita da doença e foi encaminhado pela ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Por causa do protocolo sanitário do hospital, que ocorre com todos os pacientes, nenhum familiar foi autorizado a entrar com Valentin na unidade, com o objetivo de evitar novas infecções.
O resultado do exame apontou negativo para o novo coronavírus, entretanto, depois da internação ninguém encontrou mais o Valentin, segundo o filho Armando Abdias.
‘”Desde que fiquei sabendo não estou dormindo direito. Nessa madrugada, nessa chuva, todo mundo saiu para procurar. Bate o desespero, porque você pensa: Onde está? Como está?”, disse o filho.
Um boletim de ocorrência (B.O) sobre o desaparecimento foi registrado pela família na Delegacia de Foz do Iguaçu.
O Hospital Municipal informou que não irá se manifestar sobre o caso do Valentim.
“Ele toma remédio e a falta do remédio pode causar convulsão, essa é a minha preocupação maior porque ele está na rua”, contou o filho.
Agentes do Gaeco recolheram documentos no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu
Reprodução / RPC
VÍDEOS: Saiba mais sobre o novo coronavírus
c
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”