Pai suspeito de matar filha de três meses é preso na Barra da Lagoa

Um homem de 22 anos foi preso em flagrante na Barra da Lagoa, suspeito de matar a própria filha, de apenas três meses de idade. A criança foi levada ao Hospital na sexta (25), por socorristas do Samu que foram chamados para atender a um suposto acidente doméstico. No entanto, os profissionais perceberam diversas hematomas na menina, e acionaram a Polícia.

De acordo com o delegado Júlio César Lima Feitosa, da Dpcami (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) de Florianópolis, ele vai responder por crime de feminicídio. Peritos do IGP confirmaram que a causa da morte da criança foi traumatismo craniano. A mãe do bebê confirmou que o pai havia batido com a menina na parede, nervoso com o choro. O suspeito também possui histórico de irritabilidade, e já havia cometido maus tratos anteriormente.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”