Patrimônio dos candidatos a prefeito nas capitais varia de zero a R$ 25 milhões

Empresário Romero Reis (Novo), que disputa a Prefeitura de Manaus (AM), declara o maior valor entre os 317 candidatos. Outros 30 não têm nenhum bem. Os candidatos às prefeituras das capitais registrados neste ano no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) declaram um patrimônio que varia de zero a R$ 25 milhões.
Neste ano, 317 candidatos concorrem às prefeituras nas 26 capitais. Destes:
95 (ou 30%) são milionários
30 (ou 9%) declaram não possuir bem algum
O levantamento do G1 foi feito em cima da base dos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) de cada estado.
Candidatos milionários
O candidato mais rico destas eleições disputa a Prefeitura de Manaus (AM). O empresário Romero Reis (Novo) tem um patrimônio de R$ 25,5 milhões, segundo o TRE-AM. Entre os bens do candidato estão estão quotas de capital em empresas de engenharia civil e apartamentos. Por isso, o Amazonas é o estado com a maior diversidade entre os candidatos à prefeitura.
Veja, abaixo, os dez políticos com os maiores patrimônios declarados:
Romero Reis (Novo)/ Manaus (AM) – R$ 25 milhões
Hildon Chaves (PSDB) / Porto Velho (RO) – R$ 20 milhões
Vanderlan Cardoso (PSD) / Goiânia (GO) – R$ 14 milhões
Dr. João Guilherme do novo (NOVO) / Curitiba (PR) – R$ 13 milhões
Dr. Joaquim Rocha (PMDB) / Palmas (TO) – R$ 9 milhões
Gustavo Sefer (PSD) / Belém (PA) – R$ 8 milhões
Bandeira de Mello (REDE) / Rio de Janeiro (RJ) – R$ 6 milhões
Jarbas Soster (AVANTE) / Rio Branco (AC) – R$ 6 milhões
Fabiano Cazeca (PROS) / Belo Horizonte (MG) – R$ 5 milhões
Carlos Alberto (PV) / Natal (RN) – R$ 5 milhões
A capital com mais candidatos milionários é Campo Grande (MS): dos 15 na disputa, 10 declaram possuir mais de R$ 1 milhão em patrimônio. Quem encabeça a lista é o engenheiro Marcelo Miglioli (Solidariedade), com mais de R$ 5,3 milhões declarados. O segundo na lista é o Promotor Harfouche (Avante), com R$ 4,9 milhões.
Depois, aparece Natal (RN): 8 entre os 14 candidatos declaram pelo menos R$ 1 milhão em bens. O maior patrimônio é do servidor público federal Carlos Alberto (PV), que declara ter R$ 5,4 milhões. Entre os bens, há vários imóveis, terrenos e participações em empresas.
Palmas (TO) é a terceira capital com mais milionários na disputa pela prefeitura: 6 entre 12. Na cidade, o médico Joaquim Rocha (PMB) é dono do maior patrimônio, com mais de R$ 9,4 milhões declarados, seguido pelo empresário Barison (Republicanos), com cerca de R$ 3,6 milhões.
Teresina é a única capital que não tem candidatos milionários na disputa pela prefeitura. O concorrente mais rico declara R$ 704.391,39: o atual deputado federal Fábio Abreu (PL). Entre seus bens, há uma fazenda, três cavalos, duas contas correntes e três carros.
Entre os 95 milionários, apenas nove são mulheres. A candidata com patrimônio mais alto é Angela Amin, de Florianópolis (SC). Entre seus bens, que somam mais de R$ 3, 1 milhões, há terrenos, ações e obras de arte.
Candidatos zerados
Fortaleza (CE), Belém (PA) e Recife (PE) são as cidades que mais possuem candidatos que declaram não ter patrimônio. Cada um deles tem três nesta situação. Ao todo, 30 concorrentes estão zerados.
Uma candidata chegou a constar com patrimônio negativo: Patrícia Lima Ferraz (Podemos), de Macapá (AP). Mas ela diz que houve um erro no preenchimento e que foi corrigido.
Veja, abaixo, detalhes dos patrimônios declarados por candidatos de cada capital:
AC: Patrimônio de candidatos à Prefeitura de Rio Branco vai até R$ 6 milhões
AL: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Maceió vai até R$ 2,5 milhões
AP: Patrimônio de candidatos à Prefeitura de Macapá vai até R$ 5,3 milhões
AM: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Manaus vai até R$ 25 milhões
BA: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Salvador vai até R$ 2 milhões
CE: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Fortaleza vai até R$ 4,19 milhões
ES: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Vitória vai até R$ 1 milhão
GO: Patrimônio dos candidatos à prefeitura de Cuiabá vai até R$ 3,2 milhões
MA: Patrimônio de candidatos à prefeitura de São Luís vai até R$ 4,3 milhões
MT: Patrimônio dos candidatos à prefeitura de Cuiabá vai até R$ 3,2 milhões
MS: Patrimônio à prefeitura de Campo Grande vai até R$ 5,3 milhões
MG: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Belo Horizonte vai até R$ 5,5 milhões
PA: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Belém vai até R$ 8,1 milhões
PB: Patrimônio de candidatos à prefeitura de João Pessoa vai até R$ 3,5 milhões
PR: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Curitiba vai até R$ 13 milhões
PE: Patrimônio de candidatos a prefeito do Recife vai até R$ 4,9 milhões
PI: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Teresina vai até R$ 700 mil
RJ: Patrimônio de candidatos à prefeitura do Rio vai até R$ 6 milhões
RN: Patrimônio dos candidatos à prefeitura de Natal vai até R$ 5,4 milhões
RS: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Porto Alegre vai até R$ 1,4 milhão
RO: Patrimônio dos candidatos à prefeitura de Porto Velho vai até R$ 20 milhões
RR: Patrimônio dos candidatos à prefeitura de Boa vista vai até R$ 1,1 milhão
SC: Patrimônio dos candidatos à prefeitura de Florianópolis vai até R$ 4,9 milhões
SP: Patrimônio de candidatos à prefeitura de São Paulo vai até R$ 5,1 milhões
SE: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Aracaju vai até R$ 3 milhões
TO: Patrimônio de candidatos à prefeitura de Palmas vai até R$ 9,4 milhões
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”