Pelé recorda momentos pelo Santos e se declara: ‘Nunca deixei de amar’

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, escreveu um emocionante texto na manhã desta quinta-feira, 15. Através das redes sociais, o Rei do Futebol se declarou ao Santos, falando sobre o amor que sente pelo clube e postando várias fotos de quando vestia as cores do Peixe, entre as décadas de 1950 e 1970. “Eu era apenas um garoto, quando conheci um grande amor. São muitas poucas pessoas que têm essa sorte. Esse amor vestia branco e preto, e me acolheu de braços abertos. E nós nos amamos todos os dias, a partir de então. Eu nunca deixei de amar o @santosfc, em uma união do mais puro amor, que para mim, é o mais claro significado da palavra “perfeição”. Nós conquistamos o mundo inteiro juntos. Desde que nos encontramos, Pelé é Santos, e Santos é Pelé. Nunca deixaremos de ser um só, para sempre”, escreveu Pelé.

Maior ídolo da história do time da Vila Belmiro, Pelé participou de grandes títulos, como a Libertadores da América (1962 e 1963), o Mundial de Clubes (1962 e 1963), e o Campeonato Brasileiro (1961, 962, 1963, 1964, 1965 e 1968). Ao todo, ele marcou mais mil gols com a camisa do Santos.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”