Pernambuco prorroga prazo para solicitação de auxílio emergencial pela Lei Aldir Blanc para trabalhadores do setor cultural

Solicitações do benefício podem ser feitas até 31 de outubro. Secretaria de Cultura firmou parcerias para auxiliar profissionais no processo de preenchimento de dados do cadastro. Prazo para se inscrever no auxílio emergencial da cultura é prorrogado até 31 de outubro
Foi prorrogado até o dia 31 de outubro o prazo para que trabalhadores do segmento cultural de Pernambuco possam solicitar o auxílio emergencial garantido pela Lei Aldir Blanc. De acordo com a Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE), mais de 5 mil pessoas não finalizaram a solicitação do benefício por meio da internet (veja vídeo acima).
Lei Aldir Blanc: entenda como vai funcionar a ajuda emergencial ao setor cultural
“Qualquer profissional de cultura que teve paralisada a sua atividade econômica durante o ciclo da pandemia que consiga comprovar os últimos dois anos de atividade econômica no campo da cultura podem ser habilitar. Lógico que existem várias condições para que ele possa receber esse abono de R$ 600 através da Lei Aldir Blanc. Uma delas, claramente, é estar desempregado, sem atividade econômica acontecendo, e ele não pode fazer parte das ações emergenciais que já se encontram em andamento, seja do governo federal, seja do governo estadual”, afirmou o secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto.
Para aumentar o número de pessoas beneficiadas, a Secult firmou uma parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco para fazer um cadastramento em conjunto com municípios. As prefeituras devem ceder espaço, computador, impressora e pessoal para auxiliar o preenchimento dos dados dos trabalhadores.
Para ter acesso ao auxílio, os trabalhadores da área cultural devem procurar as Casas da Juventude ou as Secretarias de Assistência e Juventude dos municípios.
Há também 30 instrutores atuando em 14 unidades do Serviço Social do Comércio (Sesc) de 13 cidades pernambucanas para auxiliar trabalhadores a fazer a solicitação do benefício. O atendimento no Sesc, segundo a Secult, também é voltado a gestores municipais.
É possível procurar atendimento nas unidades do Sesc de Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bodocó, Caruaru, Casa Amarela e Santo Amaro (Recife), Garanhuns, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, Petrolina, São Lourenço da Mata, Surubim e Triunfo.
VÍDEOS: últimas notícias sobre auxílio emergencial
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”