Pesquisa Datafolha: 70% dos eleitores de SP são a favor do fechamento de escolas caso haja piora nos casos de Covid em 2021


Maioria acredita que haverá piora nos casos da doença no ano que vem. VOLTA ÀS AULAS EM SP: Alunos sentam em carteiras separadas na Escola Estadual Thomaz Rodrigues Alckmin, no bairro do Itaim Paulista, na Zona Leste da cidade de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (7)
Werther Santana/Estadão Conteúdo
Para 70% dos eleitores da cidade de São Paulo, as escolas devem ser fechadas caso haja piora nos casos de Covid-19 na capital em 2021. Isso é o que revela Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (20). Questionados sobre o fechamento de escolas, responderam:
A favor: 70%
Contra: 29%
Indiferente: 1%
Não sabe: 1%
Caso ocorra uma piora, 69% são a favor da diminuição do horário de funcionamento de comércios e serviços em geral, 66% apoiam o fechamento de serviços como academias, salões de beleza e escritórios, e 61% são favoráveis ao fechamento de bares, restaurantes e lojas.
De forma geral, as mulheres são mais favoráveis a medidas restritivas do que os homens. No caso das escolas, 76% das eleitoras são a favor do fechamento em casos de avanço de Covid, e entre os homens o índice cai para 62%. Entre elas, por exemplo, o apoio ao fechamento de lojas, bares e restaurantes alcança 67%, e fica em 54% entre os homens.
Os eleitores da cidade de São Paulo também foram questionados se avaliam que essa piora irá acontecer ano que vem, e responderam:
Sim, haverá piora: 60%
Não haverá piora: 36%
Não sabe: 4%
Mais pessimistas neste momento, 65% das mulheres preveem uma piora na pandemia no próximo ano, índice que fica em 53% entre os homens.
No eleitorado de escolaridade média, 64% avaliam que haverá um quadro pior nos casos da doença, ante 57% no eleitorado com curso superior e 54% na parcela com escolaridade fundamental.
Entre os eleitores que pretendem votar em Bruno Covas (PSDB) no 2° turno das eleições paulistanas, 53% avaliam que haverá piora nos casos de Covid em 2021, e entre os eleitores de Guilherme Boulos (PSOL) esse índice sobe para 67%.
Sobre a pesquisa
Levantamento foi feito entre os dias 17 e 18 de novembro e ouviu 1.254 pessoas na cidade de São Paulo.
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos;
Quem foi ouvido: 1.254 eleitores da cidade de São Paulo;
Quando a pesquisa foi feita: entre os dias 17 e 18 de novembro de 2020;
Número de identificação na Justiça Eleitoral: SP-03437/2020
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”;
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.