Pesquisa Datafolha: Maioria dos eleitores prevê piora nos casos de Covid-19 na cidade de SP em 2021


De acordo com o levantamento, 60% acredita no agravamento de casos, 36% afirma que não haverá piora e 4% não sabem opinar. Mulheres são mais pessimistas: 65% preveem piora. Rua 25 de Março em SP tem lotação na manhã deste sábado (7)
BRUNO ROCHA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (20) aponta que a maioria dos eleitores paulistanos prevê uma piora nos casos de coronavírus na cidade de São Paulo em 2021.
De acordo com o levantamento, 60% dos eleitores acredita no agravamento de casos, 36% afirma que não haverá piora e 4% não têm opinião sobre o tema.
Sim, haverá piora: 60%
Não haverá piora: 36%
Não sabe: 4%
Os dados também mostram que as mulheres são mais pessimistas com relação ao assunto neste momento. 65% das eleitoras preveem uma piora na pandemia no próximo ano, índice que fica em 53% entre os homens.
No eleitorado de escolaridade média, 64% avaliam que haverá um quadro pior nos casos da doença, ante 57% no eleitorado com curso superior, e 54% na parcela com escolaridade fundamental.
Entre os eleitores que pretendem votar em Bruno Covas (PSDB) no 2° turno das eleições paulistanas, 53% avaliam que haverá piora nos casos de Covid em 2021, e entre os eleitores de Guilherme Boulos (PSOL) esse índice sobe para 67%.
Sobre a pesquisa
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”.
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 1.254 eleitores na cidade de São Paulo com 16 anos ou mais.
Quando a pesquisa foi feita: nos dias 17 e 18 de novembro de 2020.
Número de identificação na Justiça Eleitoral: SP-03437/2020
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.