Phelippe Daou recebe título de cidadão acreano durante comemoração dos 46 anos da Rede Amazônica no Acre


Dia foi marcado com encontro na sede da TV em Rio Branco e homenagens à emissora. Phelippe Daou recebeu título de cidadão acreano nesta sexta-feira (16)
Reprodução/Rede Amazônica Acre
O CEO da Rede Amazônica, Phelippe Daou Júnior, recebeu nesta sexta-feira (16) o título de Cidadão Acreano durante as comemorações dos 46 anos da emissora no Acre. A entrega foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Nicolau Júnior, durante um encontro na sede da capital.
“Hoje tive a oportunidade de conceder o título de Cidadão Acreano para Phelippe Júnior. É uma honra para o poder Executivo e para os 24 deputados estaduais que estão mandando um abraço para essa empresa tão maravilhosa e organizada que leva informação para o povo acreano. Ajudou a desenvolver o nosso estado desde o início e hoje completa 46 anos”, disse o presidente da Aleac, após a entrega.
Para o CEO, o reconhecimento faz com que o compromisso da emissora com o estado seja ainda maior.
“Compromisso verdadeiro e que a gente possa cada vez mais ampliar os serviços que nós prestamos e que a cada dia mais estejamos muito unidos à sociedade acreana adotando e assumindo nossas bandeiras.”
Estiveram presentes também na solenidade a procuradora-geral de Justiça do estado, Kátia Rejane; o governador do estado, Gladson Cameli; a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, e o tenente Milton Augusto Maciel de Sousa, comandante do 7º BEC.
Ao falar sobre o legado da Rede Amazônica no estado, o governador relembrou a primeira transmissão feita nas escadaria do Palácio Rio Branco. Ele ressaltou também a importância do jornalismo para a manutenção da democracia.
Sessão reuniu várias autoridades na sede em Rio Branco
Reprodução/Rede Amazônica Acre
“Fico muito feliz em saber que a primeira transmissão da Rede Amazônica no Acre foi feita nas escadarias do Palácio Rio Branco, símbolo de todos os acreanos. A gente vê o jornalismo com seriedade, um jornalismo que não tem cor. A única cor dele é a cor da nossa bandeira. Isso que é democracia”, disse.
Cameli destacou também que a emissora é referência na região e parabenizou os profissionais do grupo.
“O trabalho de vocês é digno de respeito e honra, pois a postura dos técnicos e jornalistas é reconhecida em todo o Acre pela ética e competência profissional. Ao longo desses 46 anos, a Rede Amazônica ajudou a formar diversos profissionais da comunicação, contribuindo para o desenvolvimento do Acre, por isso, registro aqui minha gratidão pelos quase 100 empregos diretos que essa rede proporciona no nosso estado. A contribuição econômica ao nosso amado Acre é valiosa. Parabéns à Rede Amazônica pelas décadas de referência, isenção e credibilidade”, finalizou.
A programação começou com uma benção nas novas instalações, já que o prédio da TV passou por reformas. Depois, a direção homenageou alguns funcionários que estão na casa há mais de 20 anos. Em seguida, as autoridades falaram sobre a importância do legado do grupo e, por fim, o CEO fez um discurso.
Colaborou Aline Vieira, da Rede Amazônica Acre.
Rede Amazônica completa 46 anos no Acre
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”