Pinguim resgatado em Florianópolis apresenta recuperação

O pinguim-de-Magalhães resgatado nas pedras da Praia da Galheta, em Florianópolis, se recupera bem dos ferimentos. A ave foi encontrada no dia 17 de outubro por um banhista que acionou as equipes do R3 Animal.

Pinguim resgatado em praia de Florianópolis apresenta recuperação – Foto: Thaís dos Santos Vianna/Divulgação

Segundo técnicos do projeto, a ave estava caquética, extremamente desidratada e possuía um ferimento com exposição óssea em uma das aletas — algo similar às asas de outras aves.

Para auxiliar na cicatrização, o pinguim recebeu um curativo à base de hidrocolóide, semelhante à pele sintética.

Segundo a médica veterinária Marzia Antonelli, o pinguim está respondendo bem ao tratamento e, tão logo tenha condições, ele irá para o recinto com piscina com os demais pinguins em reabilitação.

A Praia da Galheta é uma das praias monitoradas diariamente pelas equipes do R3 Animal.  Esse monitoramento diário é feito entre a Praia da Solidão, no Sul da Ilha, e a Praia Brava, no Norte . Na região, apenas a praia da Lagoinha do Leste é monitorada semanalmente.

Caso encontre um mamífero, ave ou tartaruga marinha debilitada ou morta na praia, ligue 0800 642 3341, das 7h às 17h.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.