POLÍCIA CIVIL PRENDE PROCURADO PELA INTERPOL EM BRUSQUE

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (29) em Brusque um homem procurado pela Interpol (Polícia Internacional) e suspeito de aplicar o “golpe do aplicativo” na cidade. Ele foi condenado pela Justiça Federal do Paraná por falsidade de moeda e por isso tinha o seu nome na difusão vermelha, ou Red Notice, da Interpol.

A prisão foi de manhã no bairro Azambuja, em Brusque, por meio da Divisão de Furtos e Roubos. Segundo o Delegado de Polícia Fernando Luís de Farias, o homem é investigado em Brusque pela prática do “golpe do aplicativo”. Ele procurava vítimas pelas redes sociais e marcava encontro para, supostamente, tratar de vagas de trabalho. Durante a “entrevista”, o investigado dizia que precisava instalar um aplicativo no aparelho celular. A vítima entregava o aparelho e, quando se distraia, o investigado deixava o local com o aparelho.

QUER FICAR BEM INFORMADO CLIQUE AQUI

As investigações da Polícia Civil descobriram que a companheira dele é suspeita de fazer anúncios dos telefones em sites de compras da região e, posteriormente, entregar os aparelhos. Até momento foram identificadas cinco vítimas. Foram apreendidos cinco aparelhos celulares. O casal responderá por furto mediante fraude e receptação.

A Polícia Civil solicita às pessoas que foram vítimas do “golpe do aplicativo” em Brusque e que não fizeram boletim de ocorrência para que procurem a Delegacia de Polícia e façam o registro.

A difusão vermelha ou Red Notice é o instrumento utilizado pela Interpol com a finalidade de auxiliar as autoridades no cumprimento dos mandados de prisão de pessoas que se encontram no estrangeiro, ou daqueles que, estando no território nacional, são procurados no estrangeiro.

 

Fonte e foto: Policia civil

O post POLÍCIA CIVIL PRENDE PROCURADO PELA INTERPOL EM BRUSQUE apareceu primeiro em Olho Vivo Can – Seu portal de Notícias.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.