Polícia conclui inquérito e prende dois motoristas envolvidos em acidente que matou trabalhador na BR-277


Vítima prestava serviços à concessionária RodoNorte na limpeza do canteiro central no momento em que foi atropelado. Testemunhas alegam que os carros estavam fazendo corrida automobilística não autorizada. BMW capotou e matou um funcionário da concessionária, que fazia a limpeza do canteiro central da BR-277
Jurandir Chaves/RPC
A Polícia Civil concluiu, nesta sexta-feira (16), o inquérito sobre o acidente que matou Marcelo Trindade, de 48 anos, em julho deste ano. Ele era funcionário terceirizado e prestava serviços à concessionária RodoNorte na limpeza do canteiro central da BR-277, em Curitiba.
Dois motoristas envolvidos no acidente também foram presos preventivamente nesta sexta-feira.
Imagens de câmeras de segurança mostram uma BMW e um carro Volvo em alta velocidade, pouco tempo antes da batida. De acordo com testemunhas ouvidas pela polícia, os dois veículos estavam fazendo corrida automobilística não autorizada no momento do acidente.
A análise da perícia feita nas imagens apontou que a velocidade do carro Volvo era de 154 km/h a 161 km/h. Já o da BMW era de, pelo menos, 144 km/h. A velocidade máxima permitida no trecho é de 80 km/h.
Silvio Eduardo de Alencar, que dirigia a BMW, perdeu o controle da direção, capotou o carro e atropelou Marcelo Trindade – que morreu na hora.
O G1 tenta contato com a defesa dos citados.
A reportagem está em atualização.
O acidente
O acidente aconteceu em 13 de julho deste ano, na BR-277, em Curitiba. O motorista Silvio Eduardo de Alencar foi encaminhado com ferimentos leves ao Hospital Evangélico Mackenzie, onde ainda está internado. Ele estava sob escolta policial.
‘Não foi porque Deus quis assim. Foi um homem que não teve consciência’, diz irmã de trabalhador
Marcelo estava trabalhando no canteiro central da BR-277, em Curitiba, quando foi atingido pelo carro
Arquivo pessoal
De acordo com a concessionária, Alencar invadiu o sentido contrário da BR-277 após o capotamento e atingiu o trabalhador na outra pista.
A Polícia Civil afirmou que o condutor estava em alta velocidade e que existe a suspeita de que ele estivesse praticando um racha.
Segundo a CCR RodoNorte, o trabalho das equipes de limpeza ocorre rotineiramente nos trechos da rodovia.
Acidente aconteceu na BR-277, em Curitiba
Divulgação/PRF
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”