Polícia interdita depósito clandestino de comida e prende dono do estabelecimento no Rio


Delegacia apreendeu 400 kg de carnes e queijos que estavam armazenados com validade vencida e péssimo estado de conservação. A Polícia Civil interditou um depósito clandestino de comida e prendeu o dono do estabelecimento na Zona Norte do Rio. Mais de 400 kg de alimentos foram apreendidos no local.
Queijos eram armazenados com embalagens trocadas, sem especificação de validade
Reprodução/Arquivo Pessoal
Entre os alimentos encontrados na noite de sexta-feira (24) estavam 350 kg de diversos tipos de queijo, todos fora da validade, além de 50 kg de carnes e linguiças estragadas, com mau cheiro e cobertas de insetos, segundo a polícia.
Para esconder a verdadeira data de validade dos queijos, as embalagens eram trocadas. Já as carnes e linguiças eram armazenadas em sacos plásticos, sem especificação de data.
Carnes estavam estragadas e guardadas em péssimo estado, segundo a polícia
Reprodução/Arquivo Pessoal
A polícia informou que o dono do estabelecimento disse que a mercadoria seria vendida nas favelas de Acari e Mandela, na Zona Norte, e em pequenos mercados da região.
Segundo a polícia, ele responderá por depositar mercadoria em condições impróprias para consumo, com chance de ser condenado a cinco anos de prisão.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.