Polícia investiga mortes de 12 cachorros no Sul de SC


Suspeita é que eles tenham sido mortos a paulas ou por estrangulamento em Tubarão. Mais de 60 galos foram encontrados em situação de maus tratos em cativeiro clandestino. Além dos cães mortos, polícia encontrou 64 galos em situação de maus tratos
Polícia Militar Ambiental/Divulgação
A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as mortes de ao menos 12 cachorros em Tubarão, no Sul, de Santa Catarina. Os animais mortos e outros em situação de maus tratos foram encontrados na terça-feira (27). Na noite de quinta (29), a polícia informou que um suspeito foi identificado, mas não detido porque não houve flagrante.
No local, além dos cachorros mortos, foram encontrados ao menos 64 galos dentro de gaiolas e em situação de maus tratos. A suspeita é que eles eram utilizados em rinhas.
A mulher que denunciou o suspeito relatou aos policiais que cuidava dos animais m situação de rua. Exames foram feitos nos cães para identificar a causa da morte, provavelmente por estrangulamento ou pauladas, ainda de acordo com a Polícia Militar Ambiental.
Doze cães são mortos em Tubarão
Uma cadela com filhotes também foram recolhidos no local, com vida, e encaminhados para instituições para cuidados. Uma égua e um porco também foram encontrados e deixados sob os cuidados de uma pessoa.
O caso é investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais (DTCA)como maus tratos dos animais e a saúde pública.
Em cativeiro clandestino onde galos foram encontrados polícia indetificou indícios de rinha
Polícia Militar Ambiental/Divulgação
Veja vídeos do Jornal do Almoço SC
Veja outras notícias do estado no G1 SC
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.