Polícia Militar registra ao menos 5 furtos de cabos elétricos neste domingo na Grande BH

Crimes aconteceram em bairros da regiões Centro-Sul e Oeste de Belo Horizonte e na cidade de São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana. A Polícia Militar (PM) registrou pelo menos cinco furtos de cabos elétricos, durante a madrugada até a manhã deste domingo (18), na Grande BH.
As ocorrências foram na Rua Bernardino de Lima, no bairro Gutierrez, e na Rua José Basílio, no Parque São José, na Região Oeste; na Rua Patagônia esquina da Rua Santa Fé, no Sion, e na Rua Mato Grosso, no Santo Agostinho, na Região Centro-Sul; e na Rua Santa Gonçalves de Macedo, em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) informou que gastou R$ 63 mil somente no primeiro semestre de 2020 por causa de furtos de cabos. Foram 15 mil metros de cobre roubados.
Mas não é somente o trânsito que é afetado. O roubo em prédios residenciais e casas também é frequente. Em 2020, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) registrou o furto de 5,47 quilômetros de cabos na rede subterrânea da empresa no hipercentro da capital mineira, que causaram um prejuízo financeiro de quase R$ 1 milhão.
A PM informou que, por meio do Comando de Policiamento da capital, faz operações de prevenção e repressão ao crime, com vistas garantir a incolumidade física das pessoas e do patrimônio.
Ainda segundo a corporação, distribuído em locais estratégicos, o policiamento diário contempla os locais de maior incidência de furto a cabos de energia, vindos de análise criminal. Especificamente no caso de furto de cabos/fios, percebe-se que o crime está diretamente ligado ao metal cobre, uma vez que, após furtarem os cabos, os autores queimam a fiação para vender o metal nos ferros-velhos clandestinos.
Deste modo, além de patrulhamento visando à prevenção, são desenvolvidas, em conjunto a outros órgãos, operações de combate à receptação. Em Belo Horizonte, de modo geral, houve queda no registro do crime de furto: de janeiro até maio de 2019, houve queda de 9,3%, comparado ao mesmo período do ano anterior.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”