Polícia prende foragido da Justiça que pescava e caçava com equipamentos ilegais em Boraceia


Homem condenado por tráfico de drogas estava foragido há quatro anos. Ele foi devolvido à Justiça e recebeu apenas advertência ambiental porque não capturou nenhum animal. Foragido da Justiça foi recapturado com uma espingarda da pressão e redes para pesca: prisão e advertência ambiental
Polícia Ambiental/Divulgação
A Polícia Ambiental prendeu na tarde desta quinta-feira (15) um homem que estava foragido da Justiça há quatro anos enquanto ele pescava e caçava com equipamentos ilegais às margens do Rio Tietê, em Boraceia (SP).
Segundo a polícia, uma denúncia apontou que um homem condenado por tráfico de drogas e que tinha fugido do Centro de Detenção Provisória (CDP-2) de Bauru há quatro anos, estaria escondido em um barraco no bairro Mombuca, às margens do Tietê.
As equipes da Polícia Ambiental foram até o local e, após a realização de um cerco, localizaram o foragido, que estava com uma espingarda de pressão para caça de animais silvestres e pescando com uma rede, equipamento proibido a pescadores amadores.
Após confirmação de que se tratava do foragido do CDP, o homem foi conduzido até a Delegacia de Polícia de Boraceia, onde ficou preso e à disposição da Justiça.
A Polícia Ambiental também emitiu contra o homem dois Autos de Infração Ambiental pelos atos de caça e pesca ilegais. Os autos, porém, foram apenas de advertência porque o homem não capturou nenhum animal. A espingarda e as redes foram apreendidas.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Veja mais notícias do centro-oeste paulista:
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”