Pré-candidatura

Embora oficialmente não haja confirmação, nos bastidores da política de Nova Trento já se tem uma certeza: o ex-prefeito Orivan Jarbas Orsi (PSDB) é o nome da situação na corrida pela sucessão municipal.

O martelo está batido, e o atual mandatário, Gian Francesco Voltolini (PP), inclusive, se contentaria em ser o vice na chapa.

As coisas entre o prefeito Valério Tomazi (PMDB) e seu antecessor, Elmis Mannrich (PMDB), que disputam internamente o direito de representar o partido na próxima eleição majoritária de Tijucas, não andam nada bem. O chefe do Executivo tijuquense chega a considerar que o presidente do Imetro-SC esteja atravancando as petições do município junto ao governo estadual.

Para ultrapassar esse suposto bloqueio, Tomazi vem buscando apoio, inclusive, em adversários políticos. O prefeito teria recorrido a uma liderança da oposição para pedir a intercessão de um deputado na liberação da verba para reconstrução da ponte que interliga os bairros XV de Novembro e Pernambuco.

A vereadora Neli Ferreira (PMDB) conseguiu, mais uma vez, inflamar a população de Canelinha contra a administração municipal ao rasgar publicamente, durante uma sessão da Câmara, o projeto, de origem do Executivo, que autoriza o Hospital Municipal – que é público e atende pacientes do SUS – a locar suas dependências para clínicas particulares.

E o assunto ainda pode render outros contratempos para a prefeitura. Segundo o passarinho transparente, um vereador aliado do prefeito Antônio da Silva (PP) pode ser intimado a depor, como testemunha, sobre a atual situação do hospital. Sua esposa teria realizado um procedimento estético nas instalações da unidade e pago R$ 1.300 pela operação – é o que diz uma notícia-crime pronta a ser entregue ao Ministério Público.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”