Procon fiscaliza açougues devido à alta no preço da carne na Grande Goiânia


Caso seja constatado aumento abusivo da margem de lucro, estabelecimentos podem ser autuados com multa que varia de R$ 652 mil a R$ 9,2 milhões. Aumento no preço da carne motiva fiscalização do Procon em açougues de Goiânia
O Procon Goiás está fiscalizando açougues devido à alta no preço da carne da Grande Goiânia. De acordo com órgão, caso seja constatado aumento abusivo da margem de lucro, os estabelecimentos podem ser autuados com multa que varia de R$ 652 mil a R$ 9,2 milhões. O valor da multa depende do tamanho da empresa, a natureza da infração e se há reincidência.
Até a manhã desta sexta-feira (30), quatro empresas haviam sido notificadas, sendo que duas foram autuadas por vender produtos impróprios para o consumo e sem procedência. As empresas têm o prazo de até dez dias para entregarem documentações como notas fiscais de entrada e saída dos produtos.
A documentação exigida pelo órgão às empresas permite a comparação de valores e, consequentemente, a comprovação se os estabelecimentos estão praticando aumento abusivo dos preços. As fiscalizações começaram na última quinta-feira (29).
Procon visita açougues para fiscalizar preço da carne na Grande Goiânia, em Goiás
Reprodução/TV Anhanguera
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.