Procurado pela Justiça, ex-vereador de Hortolândia é preso após denúncia anônima


Adaílton Sá, de 51 anos, foi condenado a 23 anos de prisão por usar a função pública para obter vantagem indevida. Ele estava no Jardim Amanda e foi encaminhado para a Cadeia Pública de Sumaré. Reprodução de página da rede social do vereador Adaílton Sá em 2016
Reprodução
Procurado pela Justiça, o ex-vereador de Hortolândia (SP), Adaílton de Sá, de 51 anos, foi preso nesta quarta-feira (14) após denúncia anônima. Condenado a 23 anos e quatro meses de prisão por usar o cargo público para obter vantagem indevida, ele foi localizado e capturado por policiais civis no bairro Jardim Amanda.
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo informa que durante a consulta nos sistemas policiais, ficou constatado que havia um mandado de prisão expedido contra Adaílton pela 1ª Vara de Hortolândia pelo crime de concussão.
Em 2016, o então parlamentar foi afastado do cargo após a Justiça aceitar o pedido do Ministério Público (MP). Na ação, ex-funcionários do gabinete disseram que Adaílton de Sá exigia ficar com parte dos salários para permanecerem nos cargos.
Após ser preso pelos policiais civis, o ex-vereador foi encaminhado para a Cadeia Pública de Sumaré. O G1 tentou contato por telefone com o advogado que consta no processo do ex-vereador, mas não obteve retorno até esta publicação.
VÍDEOS: EPTV 2 desta quarta-feira
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”