Projeto estimula a produção de itens educativos que ressaltem deficiência ou enfermidade

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Dr. Jaziel : “É importante que o indivíduo tenha modelos e referências com que possa se identificar”

O Projeto de Lei 3761/20 obriga o Estado, a sociedade e as famílias a desenvolverem ações para facilitar a inclusão de jovens e crianças que possuam desordem estética, deficiência ou enfermidade que cause embaraço social. O texto altera a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência e está sendo analisado pela Câmara dos Deputados.

De acordo com a proposta, o poder público deverá estimular a produção de materiais didáticos, livros, jogos e brinquedos que ajudem a compreender e aceitar condições físicas decorrentes de deficiência ou enfermidade.

O texto sugere incentivos fiscais para ampliar iniciativas isoladas e artesanais de produção de itens que ressaltem as diferenças.“Queremos que essas crianças tenham desenvolvimento saudável e aprendam a aceitar suas próprias condições”, argumenta o autor, deputado Dr. Jaziel (PL-CE). “Faria uma grande diferença se houvesse brinquedos que reproduzissem essas diferenças”, completa.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.