Proprietária de estabelecimento é presa suspeita de exploração sexual, em Anápolis


Prisão foi realizada durante operação da Polícia Civil com apoio do Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária. Mulher de 53 anos foi detida em flagrante. Estabelecimento comercial em Anápolis, Goiás
Reprodução/TV Anhanguera
Uma mulher de 53 anos foi presa suspeita de exploração sexual em Anápolis, a 55 km de Goiânia. De acordo com informações da Polícia Civil, ela é proprietária de um estabelecimento comercial localizado no Setor Central do município, na Rua 15 de Dezembro, onde os crimes sexuais eram supostamente praticados.
Como o nome da suspeita não foi divulgado, o G1 não conseguiu identificar se ela continua presa e se apresentou defesa.
A prisão foi realizada na quarta-feira (28) durante uma operação do 1º Distrito Policial e da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), com apoio do Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.
Chamada de Operação Legalidade, a investigação apura a conduta da proprietária do estabelecimento, onde supostamente ocorriam atividades de exploração sexual. A suspeita, presa em flagrante, pode pegar de dois a cinco anos de prisão.
O G1 tenta contato com a assessoria da Polícia Civil para obter mais informações sobre o caso. A reportagem também tenta obter informações com o Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.
Mulher foi presa suspeita de exploração sexual em estabelecimento comercial de Anápolis, Goiás
Reprodução/TV Anhanguera
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.