Quem não conseguir restituição de crédito do cartão SIM deve procurar o Procon-RO, diz coordenador

Empresa que cuidava do transporte coletivo retirou últimos ônibus na semana passada. Cidade está sem transporte coletivo. Procon pediu esclarecimentos ao Sim sobre o uso dos créditos nos cartões
Os moradores de Porto Velho que tiverem saldo no cartão do SIM (transporte coletivo) deverão procurar o Procon da capital caso não estejam conseguindo pedir a restituição do crédito.
A informação foi dada pelo coordenador do Procon, Ihgor Rego, durante entrevista ao Bom Dia Amazônia nesta quarta-feira (30).
“Os que têm cartão ativo e há saldo, se não conseguirem receber o crédito de volta, que procurem o Procon e façam a sua reclamação porque é com base nessas reclamações que nós vamos orientar o processo judicial, ou seja, vamos solicitar uma providência do poder público/judiciário para que seja ressarcido os valores de cada consumidor”, diz Ihgor.
Ainda segundo o Procon, foi solicitado ao Consórcio SIM uma lista com os nomes dos consumidores com créditos e cartões ativos. Foi também pedido à empresa sobre o cronograma feito para restituição do saldo nos cartões de transporte coletivo.
Retirada dos ônibus da capital
Na semana passada, o Consórcio SIM retirou os últimos ônibus que circulavam nas ruas de Porto Velho e, com isso, a cidade está sem transporte público.
Diante disso, segundo o Procon, muitos consumidores não conseguiram usar todo o crédito do cartão.
Nova operação só em outubro
Os ônibus da JTP, nova empresa que vai atuar no transporte da capital, já estão na cidade, porém o contrato com o município diz que sua operação deve começar a partir de 17 de outubro.
A nova frota deve ser composta por 143 ônibus. Com a nova empresa e uma melhor estrutura nos veículos, segundo a prefeitura, a tarifa do transporte coletivo também vai mudar em outubro. O bilhete vai subir de R$ 3,80 para R$ 4,05.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.