Radiografia do País

É no mínimo curioso o que a mídia faz esperando qualquer atitude sensata deste governo. Além de totalmente despreparado é um governo a esmo, um governo do acaso, um governo achado na sarjeta e que vai para o lixo da História. A esquerda foi vítima de um vacilo histórica e de um golpe muito bem articulado pela elite para recolocar o neoliberalismo no comando.

Ter alguma esperança em qualquer ministro novo que chegue, como este da Educação, ou qualquer decreto ou medida provisória que parta do governo é ingenuidade ou má-fé. A única atitude, incompleta e tardia, que esse governo fez era uma imitação do que já foi feito no passado, o auxílio emergencial, que quer sobreviver como uma nova bolsa família. Nenhuma novidade. Este é um governo que não constrói nada, destrói intencionalmente para compartilhar o que sobrar entre os mais ricos.

Mas vamos lá, item por item ver o que faz esse governo:

EDUCAÇÃO – Um ministro que diz que  o “homossexualismo”  (sic) é resultado de uma família desajustada já demostra o seu total despreparo. Além de criminoso, homofóbico e desinformado é de um despropósito total. Esse homem, com esse nível de postura é Ministro da Educação!!! Dá para ver a orientação que esse governo tem para a formação da nossa juventude e prever o futuro da escola no país

MEIO AMBIENTE – O país literalmente queima , com incêndios provocados por fazendeiros segundo a PF e o governo vai para a ONU dizer que é o país que melhor cuida do meio ambiente no mundo. O vice Mourão afirma que os satélites detectam outras fontes de calor e se confundem na hora da avaliação das queimadas. Os satélites são da NASA mas o Mourão acha que tem razão. Bolsonaro continua afirmando que foi a Venezuela que derramou óleo nas nossas praias. Afe!

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1560994795217-0’); });

CULTURA – Meu deus, como fomos rebaixados! Além de perder o ministério perdemos a condição de produtores de cultura. Viramos bonequinhos nas mãos de Mário Frias. Depois de passarmos pelo nazista Alvim e a desmiolada Regina. Temos que nos manter na superfície para pegar ar e sobreviver. Não está sendo mole. Boicotes, censuras, descasos, omissões que seguram verbas já aprovadas e dificultam projetos futuros para nossa sobrevivência. Ser artista e produtor cultural neste país é quase uma ato desesperado. Mas vamos resistir. Não fazemos parte de nenhum projeto nefasto de destruição. Se tivermos que esperar, vamos esperar, lutando e tentando respirar. Com arte.

ECONOMIA – Só rindo. Agora o Guedes virou figura patética, fantoche nas mãos de um governo que não sabe o que fazer com ele. A politica neoliberal não tem nada a ver com o repentino sucesso da politica populista de Bolsonaro. Dar dinheiro para o povo é ótimo, mas precisa ter de onde tirar senão, quebra. Guedes insiste. Parece até que é sustentado por forças ocultas que continuam interessadas em mantê-lo lá. Forças ocultas com interesses bem claros. Façam suas apostas: até quando Guedes sobrevive e depois dele, o que acontecerá?

INFRAESTRUTURA – É outro ministério que causa alguma expectativa. Primeiro que Bolsonaro não devia nem saber o que era isso. Depois, tirar dinheiro de algum lugar para colocar na infraestrutura não faz o menor sentido para ele. O Brasil está caindo aos pedaços e o Estado Brasileiro, suas obras, suas estruturas, suas demandas não importam mesmo. A população que aguarde a privatização de tudo para ver se sobra algum emprego.

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1560994868836-0’); });

SAÚDE – Essa é uma vergonha que chega a ser doentia, sem trocadilhos O país está morrendo de Covid e Bolsonaro continua fazendo pouco da doença. Contraria todas as disposições da OMS e da ciência para demostrar que tem colhão, que é macho pacas e que tem histórico de atleta. Isso lembra outro presidente tão farofeiro quanto ele que dizia que tinha colhão roxo. Seu nome era Collor, por isso a cor do colhão. Não deu em nada. Atrasou o país em alguns anos e nos roubou muita grana.

MULHER E DIREITOS HUMANOS – Esse me faz rir para não chorar. Colocar lá a Damares e a preservar é sinal de total descalabro. Onde vamos chegar com uma ministra evangélica, conservadora, contra a mulher, contra o feminismo e contra os direitos humanos? Exatamente onde o Ministério não deveria nos levar. Mas Damares resiste como uma fruta na goiabeira. Se Jesus não aparecer estamos mal.

O resto dos ministérios eu nem lembro. Sei que tem um astronauta, um processado pela justiça por causa dos laranjais, uma ministra da agricultura que se cala diante das queimadas para virar pasto do agro negócio e por aí vamos. Só quem vai bem é a defesa, mas esta, eu defendo com unhas  e dentes o direito de me calar.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”